Bahia em colapso: Governador admite falta de leitos de UTI no Estado

Sem leitos na rede privada de saúde, Estado da Bahia acabou de bater mais um “triste recorde” em relação a transmissão da COVID-19.

O Governador da Bahia Rui Costa declarou em seu Twitter na tarde desta sexta-feira (19), que o Estado acabou de bater mais um “triste recorde” em relação a transmissão mais rápida da COVID-19.

De acordo com o Governador, “neste momento, 866 pacientes com Covid-19 estão internados em leitos de UTI”. Rui afirmou ainda na rede social que “esse é o maior número desde o início da pandemia”.

Vale salientar que há alguns meses, o Governador vinha alertando para os cuidados redobrados acerca da segunda onda de transmissão do coronavírus. Nesta sexta-feira, a Bahia ultrapassou a marca dos 11 mil mortos pelo vírus.

Até quem tem plano de saúde já não acha leito na rede privada e procura unidades públicas”, disse Rui em publicação no Twitter.

Como medida de proteção, o Governo do Estado estabeleceu que se iniciasse hoje o toque de recolher na Bahia, que valerá até a próxima quinta-feira (25), das 22h às 5h, em 343 cidades. 

Para garantir que o decreto seja cumprido, a Polícia Militar (PM) vai fiscalizar os estabelecimentos comerciais que tenham venda de bebida alcoólica.

Veja publicação do Governador Rui Costa no Twitter:

(Visited 6 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *