Secretário estadual de Saúde é exonerado após polêmica

A medida foi tomada após o envolvimento do então Secretário com a polêmica da agressão verbal a uma Chef de cozinha via WhatsApp.

Após a polêmica da agressão verbal à chef Angeluci Figueiredo, o cardiologista Fábio Vilas-Boas entregou, agora na tarde de hoje (03), uma carta com pedido de exoneração do cargo de secretário estadual de Saúde, que ocupava desde janeiro de 2015. A solicitação foi aceita pelo governador Rui Costa.

Na carta, o médico agradeceu a confiança do governador que lhe fez o convite e que “me deu a oportunidade de contribuir para uma verdadeira revolução na saúde visando atender a quem mais precisa”. Fábio também desculpou-se por episódios recentes de agressão verbal envolvendo a empresária Angeluci Figueiredo.

O governador Rui Costa agradeceu pelo empenho com que o médico conduziu a pasta durante sua gestão. O substituto de Fábio Vilas-Boas será anunciado nos próximos dias. Interinamente, a Sesab será conduzida pela subsecretária Tereza Paim.

Notas de repúdio

A Comissão de Proteção aos Direitos da Mulher da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Bahia (OAB-BA) e a Comissão da Mulher Advogada da OAB-BA divulgaram uma nota de repúdio contra o secretário de saúde do estado.

“Utilizando-se de aplicativo de mensagens, o referido agente público destilou machismo e misoginia contra uma mulher, negra, trabalhadora, ofendendo-a na sua honra, proferindo palavras de baixo calão e ameaças de exposição pública”, disseram em nota.

O governador Rui Costa não se posicionou publicamente sobre a situação. A Secretaria de Mulheres do Partido dos Trabalhadores (PT), da qual ele faz parte, no entanto, também repudiou a agressão. Confira a nota na íntegra:

“A Secretaria de Mulheres do PT da Bahia vem a público prestar solidariedade à empresária Angeluci Figueiredo, que recentemente foi vítima de agressão verbal pelo secretário de Saúde do Estado, Fábio Villas Boas, em um ato que demonstra desrespeito, racismo, misoginia e machismo! O fato ocorrido traz para o centro problemas estruturais que fazem vítimas todos os dias em nosso estado e em nosso país, do qual nós, mulheres, somos obrigadas a lidar em nosso cotidiano, seja no campo pessoal ou profissional. Portanto, repudiamos atitudes como esta, sobretudo quando praticadas por gestor público, que tem o dever de combater todo o tipo de opressão. Fatos como este não podem repercutir apenas com pedidos de desculpas, mas, sobretudo, que sirva de exemplo para que não seja mais reproduzido! No projeto de sociedade que defendemos nunca coube e não cabe nenhum tipo de opressão e violência. Silenciadas nunca mais!”.

O Conselho Baiano de Turismo (CBT) também repudiou o caso. Veja a nota:

“O CBTUR – Conselho Baiano de Turismo – repudia veementemente os atos ofensivos, desrespeitosos e truculentos manifestados pelo Secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas Boas, no infeliz episódio ocorrido no último domingo, 01 de agosto de 2021, contra a empresária Angeluci Figueiredo, do Restaurante Preta. Tal atitude não pode permanecer impune! A chef foi agredida, imperdoavelmente, por parte de um secretário que deveria dar exemplo e respeito. A instituição é contra qualquer atitude misógina, preconceituosa, machista e elitista vinda de qualquer direção e se põe ao lado da empresária. Acreditamos no respeito mútuo e não toleramos mais sermos desrespeitados por aqueles que colocam posições de poder que ocupam acima do que é o certo e o errado. O Secretário Fábio Vilas Boas, mais uma vez, tentou impor sua vontade, perante o bom senso, a razoabilidade e a ciência. O ato extrapolou qualquer limite de respeito, humilhando e ameaçando não somente a Chef Angeluci Figueiredo, mas todas as mulheres trabalhadoras e empreendedoras. O CBTUR não poupará esforços para combater quaisquer atitudes desta natureza e não tolerará, em nenhuma hipótese, tais práticas. A instituição não aceita nenhum tipo de violência, e pede providências ao governador do Estado da Bahia, Rui Costa. Esperamos que o acontecido tenha o fechamento justo e necessário que merece!”.

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *