Novo ministro da Educação tem currículo questionado

"Carlos Decotelli não obteve nenhum título na nossa universidade", afirmou Jasmine Ait-Djoudia, da Bergische Universität Wüppertal

“Carlos Decotelli não obteve nenhum título na nossa universidade”, afirmou Jasmine Ait-Djoudia, da Bergische Universität Wüppertal

Carlos Alberto Decotelli, atual ministro da Educação, não obteve título de pós-doutorado pela Universidade de Wüppertal, no oeste da Alemanha, como foi divulgado na última sexta-feira (26) pelo Ministério da Edcação (MEC).

A universidade alemã informou em nota ao GLOBO que o ministro conduziu pesquisas na universidade por um período de três meses em 2016, mas não concluiu nenhum programa de pós-doutoramento.

No currículo disponível na plataforma Lattes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, Decotelli descreve que frequentou a instituição entre 2015 e 2017 e que recebeu o título de pós-doutorado.

Informações divergentes

Essa não é a primeira informação incorreta do currículo do atual ministro da Educação. Na última sexta (26) o reitor da Universidade Nacional de Rosario (Argentina), Franco Bartolacci, informou que Decotelli não obteve um título de doutor em administração da Faculdade de Ciências Econômicas e Estatísticas e disse que a tese de doutorado foi reprovada.

A dissertação do mestrado de Decotelli pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) está senda apurada por um eventual plágio. O ministro frequentou a frequentou o curso em Administração profissional na FGV entre 2006 e 2008.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar