Tendência

Valença: DPT deixa corpo na rua após ser acionado; Veja explicação

Nas filmagens, é possível perceber a indignação da população sobre o ato do Departamento de Polícia Técnica. Coordenador interino explicou o caso.

Nas filmagens, é possível perceber a indignação da população sobre o ato do Departamento de Polícia Técnica (DPT). Coordenador interino explicou o caso.

Um vídeo compartilhado nas redes sociais na noite deste sábado (18) deu conta de uma denúncia de moradores do Entroncamento de Valença (BR-101), no Baixo Sul da Bahia. A denúncia gira em torno de uma ação do Departamento de Polícia Técnica (DPT), segundo populares, inusitada.

Nas imagens, é possível visualizar o veículo do DPT da 5ª Coordenadoria de Polícia do Interior (5ª COORPIN) deixando o local, após abandonar o corpo.

O que declarou o DPT

Segundo matéria publicada no Livre Notícias, informações são conta de que, após contato dos moradores da localidade, o DPT deslocou técnicos ao local para averiguar a situação. No local, os técnicos se depararam com uma morte natural, embora o homem estivesse as margens da pista.

Não houve morte violenta, houve naturalidade no falecimento”, pontou o Coordenador. A informação é de que existe portaria da Secretaria Estadual de Segurança Pública, determinando que neste período de pandemia, apenas mortes violentas devem ser apuradas pelo DPT.

Nosso perito fez as avaliações. Nos foi informado ainda pelo pai da vítima, que o mesmo era alcoólatra e haveria feito há pouco tempo uma cirurgia”, informou.

A Prefeitura de Valença foi acionada pelo próprio funcionário que participou da ação e envidou esforços para o velório e funeral do cadáver.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar